Pílula do Dia Seguinte

Se você sofreu um acidente com o preservativo ou um lapso total de memória, ter um plano de backup é fundamental quando se trata de evitar gravidez indesejada. E as pesquisas mostram que mais mulheres estão aproveitando esse backup, pois o uso da pílula do dia seguinte, dentre outros métodos contraceptivos, só vem aumentando. A pílula do dia seguinte é importante para muitas mulheres saberem que existe esta opção de “anticoncepção de emergência “disponível para elas, uma vez que os acidentes existem, mas o ideal é que as pessoas continuem a usar anticoncepcionais confiáveis ​​o tempo todo, e não apenas após o ato sexual.

Após sexo desprotegido, sua mente pode te deixar preocupado e ansioso. Então, conhecer alguns fatores sobre suas opções antes de precisar delas irá poupá-lo de estresse mais tarde. A seguir, saiba mais sobre a pílula do dia seguinte: como funciona, como tomar e efeitos colaterais.

Como a Pílula do Dia Seguinte Funciona?

A pílula do dia seguinte é mais eficaz quando consumida dentro de um prazo de 24 horas após o sexo desprotegido, porém ela pode ser tomada até 96 horas depois. A pílula do dia seguinte contém uma alta dose de hormônio progestógeno e pode ser comprada na farmácia sem receita médica.

A pílula do dia seguinte impede que cerca de 85 por cento das gravidezes esperadas, se tomada no prazo de três dias de ter relações sexuais. A pílula do dia seguinte não é um medicamento para aborto e, portanto, não funciona no caso da mulher já estar grávida.

O medicamento não reduz o risco de gravidez se você tiver relações sexuais novamente. É seguro tomar a pílula do dia seguinte mais de uma vez em um único ciclo menstrual. No entanto, usar uma forma confiável de contracepção é a melhor proteção contra a gravidez não desejada. Um profissional de saúde pode discutir opções de contracepção com você.

Como Tomar a Pílula do Dia Seguinte?

A pílula do dia seguinte deve ser tomada o mais rápido possível depois de ter relações sexuais desprotegidas, idealmente dentro de 24 horas (um dia), mas ainda funciona bem se consumida dentro de 96 horas (quatro dias). Você pode tomar a pílula do dia seguinte dentro de 96 a 120 horas (5 dias) depois de ter relações sexuais desprotegidas, mas as chances do medicamento funcionar serão menores. A pílula de emergência está disponível na farmácia sem receita médica.

A pílula do dia seguinte é administrada como um único comprimido (1,5 mg) ou como dois comprimidos (750mcg). Alguns medicamentos podem reduzir a eficácia da pílula do dia seguinte e você pode precisar de uma dose maior. Discuta os medicamentos que você está tomando com o farmacêutico ou médico antes de tomar a pílula do dia seguinte.

Se você vomitar menos de duas horas depois de tomar a pílula do dia seguinte, você deve tomar outra dose. Se o vômito ocorrer mais de duas horas depois de tomá-la, não há necessidade de tomar outra dose.

Quais São os Possíveis Efeitos Colaterais da Pílula do Dia Seguinte?

Os efeitos colaterais da pílula do dia seguinte são incomuns, mas algumas mulheres sentem desconforto no estômago, sentem os seios mais macios ou dores de cabeça. Algumas mulheres podem ter um período irregular depois de tomar a pílula do dia seguinte.

Você deve falar com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico depois de tomar a pílula do dia seguinte caso você desconfie estar grávida, se seus próximo período é de mais de sete dias de atraso, se seu período está mais curto ou mais leve do que o habitual ou se você sente uma dor repentina ou incomum na parte inferior do seu abdômen (isso pode ser um sinal de gravidez ectópica, quando um óvulo fertilizado fica fora do útero, um caro raro e grave que necessita de atenção médica imediatamente).

Como Obter a Pílula do Dia Seguinte?

Você pode obter a pílula de emergência de seu médico ou farmácia local. O farmacêutico pode fazer perguntas sobre sua saúde para garantir que a pílula de emergência seja segura para você tomar. Se você tem menos de 16 anos, o farmacêutico pode fazer algumas perguntas para se certificar de que você entende os efeitos de tomar a pílula de emergência.

Quais São os Riscos da Pílula do Dia Seguinte?

A pílula do dia seguinte é uma opção eficaz para prevenir a gravidez após o sexo desprotegido, mas não é tão eficaz quanto outros métodos de contracepção e não é recomendada para uso rotineiro. Além disso, a pílula do dia seguinte pode falhar mesmo com o uso correto e não oferece proteção contra infecções sexualmente transmissíveis.

O consumo de pílula do dia seguinte também não é apropriado para todos. Não tome uma pílula após a manhã se você é alérgico a qualquer componente do medicamento, se você está tomando alguns medicamentos que podem diminuir a eficácia da pílula do dia seguinte, ou se você já sabe que está grávida. Além disso, se você está com sobrepeso ou obesidade, há alguma indicação de que a pílula do dia seguinte não seja tão efetiva na prevenção da gravidez quanto para as mulheres com peso normal.
Pílula do Dia Seguinte: Como Funciona, Como Tomar e Efeitos Colaterais
5 (100%) 2 votos

Comente